03 maio 2009

Volver a los 17



Composição: Violeta Parra

Tradução: Milton Nascimento

Volver a los diecisiete después de vivir un siglo
Voltar aos dezessete, depois de viver um ciclo
Es como descifrar signos sin ser sabio competente,
É como decifrar os signos, sem ser sábio ou competente
Volver a ser de repente tan frágil como un segundo
Voltar à ser, de repente, tão frágil em um segundo
Volver a sentir profundo como un niño frente a Dios
Voltar à sentir-se importante como uma criança frente à Deus
Isso é o que sinto eu neste instante fecundo
Isso é o que sinto eu neste grande momento

Se va enredando, enredando
Se vai enredando, enredando
Como en el muro la hiedra
Como um muro, a parede
Y va brotando, brotando
E vai brotando, brotando
Como el musguito en la piedra
Como um musgo na pedra
Como el musguito en la piedra, ay si, si, si.
Como um musgo na pedra, ah sim, sim, sim...

Mi paso retrocedido cuando el de ustedes avanza
Meu passado retrocede quando o teu avança
El arco de las alianzas ha penetrado en mi nido
O arco das alianças penetrou no meu ninho
Con todo su colorido se ha paseado por mis venas
Com todo seu colorido passeou por minhas veias
Y hasta la dura cadena con que nos ata el destino
E até a dura corrente que ata nossos destinos
Es como un diamante fino que alumbra mi alma serena
É como um diamante valioso que ilumina minha alma serena

Se va enredando, enredando
Se vai enredando, enredando
Como en el muro la hiedra
Como um muro, a parede
Y va brotando, brotando
E vai brotando, brotando
Como el musguito en la piedra
Como um musgo na pedra
Como el musguito en la piedra, ay si, si, si.
Como um musgo na pedra, ah sim, sim, sim...

Lo que puede el sentimiento no lo ha podido el saber
O que pode o sentimento sem ter podido o saber
Ni el más claro proceder, ni el más ancho pensamiento
Nem o mais claro proceder, nem o mais amplo pensamento
Todo lo cambia al momento cual mago condescendiente
Tudo muda à todo momento, qual mago condescendente
Nos aleja dulcemente de rencores y violencias
Nos afasta docemente de rancores e violências
Solo el amor con su ciencia nos vuelve tan inocentes
Só o amor com sua forma nos transforma tão inocentes

Se va enredando, enredando
Se vai enredando, enredando
Como en el muro la hiedra
Como um muro, a parede
Y va brotando, brotando
E vai brotando, brotando
Como el musguito en la piedra
Como um musgo na pedra
Como el musguito en la piedra, ay si, si, si.
Como um musgo na pedra, ah sim, sim, sim...

El amor es torbellino de pureza original
O amor é repleto de uma pureza original
Hasta el feroz animal susurra su dulce trino
Até um feroz animal sussurra seu doce trino
Detiene a los peregrinos, libera a los prisioneros
Detem os Peregrinos, Libera os prisioneiros
El amor con sus esmeros al viejo lo vuelve niño
O amor com seus esmeros, volta o velho à criança
Y al malo sólo el cariño lo vuelve puro y sincero
E ao mal, só o carinho lhe transforma em puro e sincero

Se va enredando, enredando
Se vai enredando, enredando
Como en el muro la hiedra
Como um muro, a parede
Y va brotando, brotando
E vai brotando, brotando
Como el musguito en la piedra
Como um musgo na pedra
Como el musguito en la piedra, ay si, si, si.
Como um musgo na pedra, ah sim, sim, sim...

De par en par la ventana se abrió como por encanto
Aos poucos a janela se abrio como por encanto
Entró el amor con su manto como una tibia mañana
Entrou o amor com seu manto como uma linda manhã
Al son de su bella diana hizo brotar el jazmín
Ao som de seu belo dia fez brotar o jasmim
Volando cual serafín al cielo le puso aretes
Voando à qual fim o céu lhe deu
Y mis años en diecisiete los convirtió el querubín.
E meus tempos com 17 lhes converteu em querubim.


2 comentários:

Regina d'Ávila disse...

Deixei um selinho para você..passe por lá..bjsssssss

Lustato Tenterrara disse...

Hi, Carol...

Hoje meu dia foi pensares em Violeta Parra...
O Google me trouxe até essa tua maravilhosa Casa de Leitura.

Gostei muito. De tudo.

Vez que o meu dia dedicado a Violeta Parra não era um caso de um post, mas algo assim mais 'in', resolvi que além do post, ficaríamos também com uma Comunidade Violeta Parra.

Estou aqui não apenas para render gracias, mas também para dizer salve, salve Carol Timm, três vezes salve.

Um beijo, Princesa.

bye.
Lustato Tenterrara
Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara
PS.: Se desejares visitar, este é o link do blog
http://brasilpoesias.ning.com/profiles/blogs/violeta-parra-volver-a-los-17

e este, o link da Comunidade Violeta Parra
http://brasilpoesias.ning.com/group/VioletaParra

bj.
Lustato