29 dezembro 2008

Canção Amiga

Pintura: ©Renoir

Eu preparo uma canção
em que minha mãe se reconheça,
todas as mães se reconheçam,
e que fale como dois olhos.

Caminho por uma rua
que passa em muitos países.
Se não me vêem, eu vejo
e saúdo velhos amigos.

Eu distribuo um segredo
como quem ama ou sorri.
No jeito mais natural
dois carinhos se procuram.

Minha vida, nossas vidas
formam um só diamante.
Aprendi novas palavras
e tornei outras mais belas.

Eu preparo uma canção
que faça acordar os homens
e adormecer as crianças.

©Carlos Drummond de Andrade


Milton Nascimento - Canção Amiga


4 comentários:

Maria disse...

Carol, até a escolher os poemas de outros, voçê faz com o seu coração. Obrigada por ser como é!...
Este poema é lindo e o que voçê escreveu para sua mãe é espectacular.

Que o Ano de 2009 lhe traga e realize todos os seus sonhos...


M.M.G.

Rose disse...

Esta CANÇÃO é linda!...
Bela escolha para inaugurarmos 2009poeticamente, Carol!
Também "drummondiei" lá no Eternessências...
Beijos e carinhos,
Rose

Marilac disse...

Carol,
Que lindo poema e que linda canção,ambos em sintonia com o seu lindo poema!
Eu também como diz Rose"drummondiei".
Que 2009 nos traga muitas alegrias !
bjs
com carinho,
Marilac

manzas disse...

"A cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros ou nossas vitórias, o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que o novo ano que se inicia, possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma bênção de Deus".

" UM FELIZ ANO DE 2009 "