12 outubro 2008

Pegadas na Areia

Fotografia: ©Rogério Felício

Uma noite eu tive um sonho...

Sonhei que estava andando na praia com o Senhor e através do céu, passavam cenas da minha vida.

Para cada cena que passava, percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia: um era meu e o outro era do Senhor.

Quando a última cena passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia.

Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver. Isso me aborreceu deveras e perguntei então ao Senhor:

- Senhor, Tu me disseste que, uma vez que resolvi te seguir, Tu andarias sempre comigo, em todo o caminho. Contudo, notei que durante as maiores atribulações do meu viver, havia apenas um par de pegadas na areia. Não compreendo porque nas horas em que eu mais necessitava de Ti, Tu me deixaste sozinho.

O Senhor me respondeu:

- Meu querido filho. Jamais eu te deixaria nas horas de provas e de sofrimento. Quando viste, na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas. Foi exatamente aí que eu te carreguei nos braços.

Do livro "Pegadas na areia"
Margareth Fishback Powers
Ed. Fundamento

4 comentários:

Rose disse...

Querida Carol:
A saudade persiste...
Então venho me encontrar com você através das leituras que seleciona aqui para nós!
A de hoje me é especial...
Um texto revelador de que jamais estamos sós, ainda que tudo pareça demonstrar o contrário!...
Temos um Colo Divino que nos aconchega ao Seu Amor e nos alivia as dores... Eu creio nisto!... E essa verdade me consola!...
Que o Senhor a abençoe!
Um beijo de carinho,
Rose.

..::Melissa::.. disse...

Carol, que apesar das tribulações da vida, sim, e elas sempre existirão, possamos ter a fé em Deus para nos acalantar e fotalecer.
Siga em frente!
Beijos, Mel

Marilac disse...

Carol,
Esse texto é muito especial, que mensagem maravilhosa!
Deus é um pai amoroso, sempre atento a seus filhos.
Tudo passa..
Com Fé e com a certeza da proteção divina vamos atravessar as tempestades da vida!

bjs
Marilac

Maria disse...

Hâ muitos anos tinham-me lido este belo texto:.
Passei alguns anos a tentar encontra-lo,hoje num daqueles dias que nem aos inimigos desejamos (se os tenho)...Encontro aqui na sua casa de leitura OBRIGADO.