12 fevereiro 2011

InCertezas



O vento vem desfolhar
as simetrias do mundo
e o tempo que não dorme
tece fios
num labirinto de esperas.


Ela aprendeu a enganar
o tempo
o vento e as horas
: criou teares e agora
veste auroras
e inventa flores
das horas de incerteza.


©Adelaide Amorim


Do lindo blog INSCRIÇÕES
da amiga que escreve tão lindo...

2 comentários:

dade amorim disse...

Incertezas depois das Certezas de Cecília, bom demais! Obrigada, valeu mesmo.
Beijo.

Maria G. disse...

Uma boa ideia, enganar o tempo para anular horas incertas.

Maria